• CETI

Posso ter problemas de pele durante a gravidez?


Dadas as alterações naturais que decorrem durante a gravidez, é possível ocorrer um aumento na pigmentação da pele, com o aparecimento de estrias e de manchas na região da face, pescoço, mamas, coxas, nádegas e abaixo do umbigo.


Uma boa prática é manter a pele sempre hidratada com produtos adequados para a gravidez, porém, leia este artigo e vamos dar-lhe algumas dicas. Sempre que surgir algo de anormal, consulte o seu obstetra.


Quais são os problemas de pele mais comuns durante a gravidez?


Durante a gravidez existem muitas modificações hormonais que visam adaptar o organismo materno ao desenvolvimento e crescimento de um novo ser. Estas modificações geram consequências no organismo, provocando alterações na pele da grávida.


A maioria destas alterações é transitória e regride com o tempo após o parto, no entanto, algumas poderão continuar a persistir. Vejamos então alguns dos problemas de pele mais comuns:


· Melasmas: são um distúrbio pigmentar da pele caracterizada por manchas escuras que surgem normalmente no rosto, mas podem aparecer em outras áreas expostas ao sol, como os braços, por exemplo;


· Estrias: são sulcos na pele resultantes da rotura da derme e ocorrem principalmente na zona do abdómen. As estrias podem ser de cor avermelhada ou brancas. As vermelhas, podem ser tratadas e até desaparecerem, as brancas, por serem mais antigas, requerem mais cuidados e nem sempre se consegue obter o resultado das mais recentes;


· Teleangectasias: são pequenos vasos finos e superficiais que se dilatam e podem aparecer isoladamente ou em grande quantidade do segundo ao quinto mês de gestação, com lesões vermelhas no rosto, nos braços e nas pernas;


· Dermatoses: são um conjunto de doenças da pele, sendo que algumas são especificas da gravidez, tendo condições que ocorrem exclusivamente na gestação, tais como placas e pápulas urticariformes pruriginosas da gravidez, o prurigo gestacional, a colestase intra-hepática da gravidez e o herpes gestacional;


· Aumento da acne: as alterações hormonais durante a gestação podem agravar ainda mais o aparecimento destas lesões na pele que surgem principalmente na face, pescoço e tronco.


Cuidados a ter com a pele na gestação


Durante a gravidez a pele torna-se mais sensível e, por isso, os cuidados devem ser redobrados. Algumas alterações são passíveis de serem prevenidas durante a gestação, por isso siga algumas das nossas recomendações:


· use adequadamente o protetor solar e evite a exposição solar prolongada para evitar o aparecimento de melasmas;

· use chapéus durante o dia e roupas com tecidos de proteção ultravioleta para prevenir hiperpigmentações;

· ingira antioxidantes para ajudar na prevenção de pequenas manchas;

· evite ganhar mais peso do que é recomendado para minimizar o aparecimento de estrias;

· hidrate a pele com ativos próprios para a prevenção do estiramento das fibras elásticas;

· pratique exercícios físicos moderados para evitar a flacidez da pele;

· evite fumar para prevenir teleangectasias;

· evite ficar muito tempo na mesma posição para ajudar a melhorar a circulação sanguínea;

· mantenha uma dieta equilibrada e ingira cerca de 2 litros de água por dia pois evita a retenção de líquidos, melhora as funções digestivas e intestinais e hidrata a pele e mucosas.


Os problemas da pele não podem ser descurados. É necessário saber distinguir as alterações normais da gestação das doenças que podem estar associadas a ela. Em caso de dúvida, fale com o seu obstetra ou consulte um dermatologista para evitar, amenizar e tratar as doenças e/ou alterações que possam surgir durante a gravidez.

31 visualizações

CONTACTOS

Avenida da Boavista, nº 2300, 3º

4100 -118 Porto

226 076 530

i006572.png

© COPYRIGHT CETI 2006-2019 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - DESIGNED BY MAR DIGITAL