DOAÇÃO DE OVÓCITOS

Em 2012, o CETI iniciou um programa para recrutamento e selecção de dadoras de ovócitos. Este é um processo altamente selectivo e criterioso.

A doação é um processo voluntário e altruísta, no entanto, a lei Portuguesa prevê a atribuição de uma retribuição monetária por eventuais incómodos directa ou indirectamente associados à dádiva.

A escolha da dadora é um processo rigoroso que tem em conta as caraterísticas fenotípicas da receptora (cor de olhos, cor/tipo cabelo, altura peso e grupo de sangue) de forma a serem o mais semelhantes possíveis.

Indicada para casais em que o membro feminino tem:

 - idade reprodutiva avançada;

 - falência ovárica (prematura, menopausa ou cirurgias);

 - má qualidade ovocitária;

 - doenças hereditárias;

 - sucessivas falhas de fecundação ou implantação em tratamentos de FIV/ICSI;

 - abortos de repetição.

 

Procedimento:

Após uma análise criteriosa realizada pelo CETI na escolha de uma dadora, a mulher receptora inicia o tratamento para preparar o endométrio e, posteriormente, receber os embriões.

A preparação do endométrio é sincronizada com a estimulação ovárica da dadora.

CONTACTOS

Avenida da Boavista, nº 2300, 3º

4100 -118 Porto

226 076 530

i006572.png

© COPYRIGHT CETI 2006-2019 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - DESIGNED BY MAR DIGITAL